30/12/10

Agradeço e retribuo.


No dia 22 vim para o Hospital, fiz dele o meu albergue, passei aqui o Natal e gostei tanto que vou passar, provavelmente, a passagem do ano. Nunca tinha estado num hospital. O hotel é bom e tenho-me divertido imenso, as senhoras enfermeiras não entendem a minha boa disposição nem entendem o porquê de estar sempre na brincadeira, o que já afectou o meu companheiro de quarto que veio com uma infecção na hérnia umbilical e de tanto rir já piorou o estado.

O Bichito cresceu e já trouxe 3 amigos para lhe fazer companhia o que só demonstra que eu sou um bom hospedeiro e sei receber e tratar bem. Os sábios da medicina estão reunidos à procura das opções que me vão propor para ver se encolhem o bicho maior.

A procura de posição para evitar a dor aguda faz com que demore imenso tempo a escrever, por isso, enquanto escrevia, fui visitado pelos médicos e tenho alta temporária a partir de hoje. O resultado do TAC confirma que tenho um “carcinoma hepatocelular multicêntrico” e que vamos numa primeira fase tentar a quimioembolização com sorafenib 400. É apenas mais uma luta que se aproxima e que vou vencer, como tenho vencido todas as outras e ainda me vou ver livre do bicharoco. Terei saudades, mas a culpa é dele que não se conteve e me fez doer desta maneira.

A todos os que me ajudaram e a todos que me enviaram desejos de Boas Festas espero que compreendam que me é impossível agradecer a todos individualmente, tal é a quantidade de mensagens recebidas. Agradeço e retribuo, desta forma, e espero que chegue a todos. Tenho-os no coração!

20/12/10

DOR MALDITA!

Começou há pouco mais de 3 semanas. Eram umas dores nos rins que são sempre fortes e depois espalhavam-se pelo corpo todo. Quando achei que já era abuso fui ao posto médico e a doutora mandou-me fazer uma análise à urina, muito embora eu não tivesse qualquer alteração urinária. Nos dias que se seguiram as dores aumentavam, mas eu quis esperar pelo resultado da análise e levá-la comigo ao posto médico e foi o que fiz. As dores já tinham estacionado na zona do fígado e, desta vez o Dr., mandou-me fazer uma ecografia renal e outra abdominal. O técnico que fez a ecografia, demorou muito mais do que o costume e eu interroguei-o no final. O meu fígado estava bem pior, disse ele quando lhe mostrei uma ecografia anterior. Percebi de imediato! Faltava uma semana para a professora do HSM, que me segue há 20 anos, regressar e eu quis e quero esperar por ela (faltam dia e meio). Mas se são estas as dores que os problemas hepáticos nos trazem, minha gente, façam todos os possíveis para que nunca vos toque tal coisa. De repente simpatizo com as dores de dentes, e de ouvidos, e de rins; simpatizo com todas as dores menos com esta. É indescritível.
No dia 9/12 pela primeira vez na vida achei que não era capaz de fazer um concerto, mas o pessoal encheu-me de drogas e aquilo correu bem. Daí para a frente devo a minha resistência aos amigos e tenho que destacar a Fátima Fonseca, a Sofia Pereira, os Danny e família, o Pedro Ferreira, a Maria do Carmo, a Fátima Ganhão, o Marix, os Ex Votos, a Helena e todos aqueles que se aperceberam do meu estado por mais que eu o tentasse esconder.
Apetece-me aqui quase parafrasear Manuel Alegre quando repete:" -Eu sempre fui um homem de resistência!" Eu sempre fui e serei, agora com mais uma razão: -Exigir-vos que se livrem, enquanto podem, da DOR MALDITA!

01/12/10