04/07/08

Second Life.

O Second Life que tanto sucesso faz hoje na WWW, é praticado há muitos anos pelos alfacinhas. Aproveitando os santos populares o pessoal transforma as ruas onde está, naquilo que querem delas. Os electricistas são engenheiros, os bancários banqueiros, as domésticas são donas de bar, os desempregados são cozinheiros, encenadores, empregados de mesa e costureiros, os professores são arquitectos, etc... Depois enfeitam os caminhos chamando-lhes ruas, abrem tascas em cada largo, ensaiam marchas, tornam-se fadistas. Durante um mês são empresários, donos, artistas, namorados e empreendedores. Quando o mês chega ao fim, os lisboetas já sabem como ainda vão ser melhores no ano que vem.




1 comentário:

Pan de Cea disse...

Zé Leonel,

De facto tens razão: Junho é um mês que cada vez mais marca o fim das nossas preocupações: seja pelos santos populares, seja por algum campeonato de futebol; depois vem Julho e Agosto e já se sabe... Voltamos em Setembro talvez para discutir o impacto da inflação na compra do material escolar. Até lá a malta vai marchando, rindo e transformando...

Como dizia o grande Paião: "viva até São Bento se nos arranjar muitos feriados para festejar".

Enquanto outros enfeitam as ruas vou aproveitar para ir à chinchada, para enganar a crise ...

Um abraço daqui deste quintal alheio,