15/05/08

Quinta dos Silvas.


Em 1995 gravei um tema no "Benditos Sejam" que se chamava "Quinta dos Silvas" e a letra que fiz dizia assim:

Na quinta dos Silvas
anda tudo mal
o piolho é muito
lá no laranjal.

A colheita é pobre
nem dá para vender
nabos é que há muitos
mas ninguém os quer.

Tomates não há
mas sempre faltou
laranjas ainda há muitas
mas o sumo já secou.

E fogem os ratos
só ficam os barões
à espera que os parvos
lhes devolvam os galões.

(E mesmo trocando de capataz,
não há cultura que aguente!)

Como é possível que 13 anos depois eu ainda possa cantar isto?

3 comentários:

Al Kantara disse...

Os Silvas não mudaram nada...

ARISTIDES DUARTE disse...

É possível porque bem ao contrário do que os Silvas dizem e apregoam aos quatro ventos ,nesse aspecto "baronal" (pelo menos aqui em Portugal), não mudou nada. Nadinha...

roserouge disse...

E o pior é que cada vez há mais valentins loureiros e pintos da costa e carolinas e lilis...