21/03/08

Cova Funda.

Este ano ainda não tinha ido à Cova Funda. Porque a maior está no aeroporto fomos lá almoçar no dia 19. Foi uma grande festa: o Tony, a Cristina, o Paulo, o ti João, a tia Alice, grande algazarra e grandes demonstrações de carinho . Estava eu a falar do hospital e a explicar como tudo correu melhor do que a encomenda, quando falei da minha novel abstenção ao tabaco. Disseram-me o Paulo e o Tony: -Xiii mano estás feito, o arquitecto e o Pinguinhas eram uns gajos saudáveis à brava, um destes dias decidiram parar de fumar e desde aí pega-lhes tudo. Próstata, pneumonia, tensão alta...é sempre a aviar. Não sei se fazes bem em parar de fumar após estes anos todos. Sempre te vi de cigarro na boca.
PORRA!!!

1 comentário:

Pan de Cea disse...

Ouvir isto é de facto assustador, ainda por cima num sítio chamado Cova Funda ... ao que parece localizado no bairro que hoje até se podia chamar da Reencarnação...
Fosgasse!
Abraço,